06 MAI 2020

Allyson reforça alerta sobre estrutura dos hospitais regionais no combate ao Coronavírus

Durante sessão remota da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (06), o parlamentar pediu mais atenção por parte do Governo do Estado para os hospitais, especialmente, os do interior.
Allyson reforça alerta sobre estrutura dos hospitais regionais no combate ao Coronavírus

O funcionamento dos hospitais regionais frente à pandemia do Coronavírus voltou a ser assunto discutido pelo deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade). Durante sessão remota da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (06), o parlamentar pediu mais atenção por parte do Governo do Estado para os hospitais, especialmente, os do interior.

Allyson citou, especificamente, o Hospital Regional Hélio Morais Marinho, em Apodi; o Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros e o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.

“Solicito ao governo do estado e a secretaria estadual de saúde mais atenção para os hospitais regionais do nosso estado, que estão tendo que lidar com essa grave crise em razão da pandemia do Coronavírus. Nosso estado já registra 72 mortes; em Mossoró já são 18 confirmadas. Peço atenção para o hospital regional de Apodi, o de Pau dos Ferros, pois a gente sabe que nesse momento a população vai procurar esses hospitais e não encontrará o devido atendimento por conta da falta de estrutura, como a falta de leito de UTI”, declarou.

“Nós tivemos uma promessa do governo de abrir 20 leitos de UTI no hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, e só temos 10 leitos abertos, isso graças a empresários da cidade. O governo, infelizmente, tem tido esse déficit em nossa cidade. E esse déficit do estado se soma ao déficit do município, porque as unidades básicas e unidades de pronto atendimento não têm dado o atendimento básico”, afirmou.

Barreiras sanitárias

Allyson também voltou a cobrar reforço na realização de barreiras sanitárias nas divisas do Rio Grande do Norte com o Ceará, que registra o maior índice de casos de Coronavírus do Nordeste.

“Se a cidade de Mossoró, segunda maior do estado, não colocar de forma urgente e eficaz barreiras sanitárias nós vamos ter uma situação ainda mais caótica. Essa semana, o governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza decretaram o fechamento da cidade”, disse.

COMENTÁRIOS