23 MAR 2020

Deputado faz apelo para população ficar em casa; “Prioridade é a saúde”, diz

Allyson Bezerra falou sobre o assunto em entrevista nesta segunda-feira (23), na Rádio 95 FM, e também destacou que o momento é de “priorizar a saúde pública”.
Deputado faz apelo para população ficar em casa; “Prioridade é a saúde”, diz

O Deputado Estadual Allyson Bezerra (Solidariedade) fez apelo à população para que fique em casa como forma de combater a proliferação do Coronavírus (COVID-19). Ele falou sobre o assunto em entrevista nesta segunda-feira (23), na Rádio 95 FM, e também destacou que o momento é de “priorizar a saúde pública”.

“Nesse momento a gente pede a população que fique em casa, pois sabemos que a melhor forma de combater esse vírus é o isolamento social. Não é fácil deixar nosso trabalho, nossos familiares, nossos amigos, mas no momento é necessário”, destacou Allyson.

Allyson apresentou dois projetos de lei na Assembleia Legislativa visando atenuar efeitos econômicos sobre populações mais carentes, devido as restrições impostas pela saúde pública. Um deles trata sobre o desconto no imposto cobrado sobre as conta de água e luz. O outro proíbe o corte de água e luz durante a pandemia no estado.

O deputado também sugeriu em live na última sexta-feira (20), que a Prefeitura Municipal de Mossoró cancelasse o Mossoró Cidade Junina 2020 e usasse os recursos para o combate ao Coronavírus.

“Nosso intuito é estar próximo, acompanhando e contribuindo. Já apresentamos sugestões e vamos contribuir mais. Precisamos, por exemplo, de uma estrutura de retaguarda com leitos convencionais, leitos de UTI e respiradores para atendimento à possível demanda que pode surgir, levando em consideração que nossa cidade tem caso confirmado da doença e vários outros suspeitos”, afirmou ele.

Sobre o funcionamento do trabalho legislativo, Allyson explicou que está acompanhando a comissão de deputados formada junto ao Governo do RN para o enfrentamento ao Coronavírus. “A prioridade no momento é a saúde pública, principalmente em relação aos mais vulneráveis, como crianças, idosos e os mais carentes. As questões legislativas, e partidárias não são o foco agora”, concluiu.

Siga as orientações de saúde das autoridades municipais, estaduais e federais. Proteja-se, proteja à sua família. Colabore. Vamos vencer o coronavírus.

Orientações do Ministério da Saúde:

Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.

Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.

Evite aglomerações.

Mantenha os ambientes bem ventilados.

Não compartilhe objetos pessoais.

COMENTÁRIOS