20 DEZ 2019

Diretores do Hospital São Luiz agradecem e relatam apoio de Allyson pelo credenciamento de 10 UTI's

Os diretores enalteceram e manifestaram reconhecimento à atuação de Allyson no processo de aprovação do credenciamento de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, desde o Rio Grande do Norte até Brasília, no Ministério da Saúde
Diretores do Hospital São Luiz agradecem e relatam apoio de Allyson pelo credenciamento de 10 UTI's
Dr. Antônio Rodrigues, deputado Allyson Bezerra e Dra. Marilaque Souza com a portaria do Ministério da Saúde em mãos

Gratidão e reconhecimento são os sentimentos que resumem o encontro entre os diretores do Hospital São Luiz de Mossoró, médicos Antônio Rodrigues de Souza e Luíza de Marilaque de Oliveira Souza, com o deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), na tarde desta sexta-feira (20), em Mossoró.

Os diretores enalteceram e manifestaram reconhecimento à atuação de Allyson no processo de aprovação do credenciamento de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, desde o Rio Grande do Norte até Brasília, no Ministério da Saúde.

“Eu quero parabenizar o deputado Allyson pela iniciativa e pelo trabalho que ele teve. Essa boa vontade que teve em prol da população de Mossoró. Ele sabe que o pessoal precisava”, afirmou Antônio Rodrigues.

A portaria nº 3.405, do Ministério da Saúde, que credencia os 10 leitos de UTI foi publicada no último dia 17 de dezembro no Diário Oficial da União (DOU), depois de um processo de mais de dois anos, cheio de bastidores nebulosos.

Marilaque destacou a luta pelo credenciamento no estágios municipal, estadual e federal. “Foi um sofrimento! Demorou bastante na Secretaria de Saúde do Município, que é um dos órgãos principais para o processo evoluir, o processo de cadastro. Num primeiro momento me informaram que precisava enviar só um ofício solicitando o cadastramento de leitos de UTI, depois disseram que esse ofício não mais servia porque eu não tinha cadastrado tudo”, disse.

“Isso nos levou a essa demora toda. Nós sofremos com isso, mas graças a Deus e ao povo que precisava desses leitos, minhas orações foram ouvidas, graças a pessoas como esse rapaz que se encontra na minha frente”, comentou Marilaque referindo-se ao deputado.

A diretora, que trabalha há quase 30 anos como gestora de hospital privado no Ceará, relatou como conheceu Allyson e o início da luta do parlamentar pela causa.

Fé, esperança e trabalho

“Graças a uma igreja que tem aqui próximo que ele faz parte, ele viu nossa penúria e num dia que se dirigiu aqui para orar por alguns pacientes internados, perguntou por que não atendíamos com leitos pelo SUS. Contamos a nossa peregrinação e ele lá em Natal procurou saber por que o nosso processo não estava andando”, explicou a diretora.

A primeira reunião com Allyson no hospital ocorreu em março deste ano, poucas semanas após ele tomar posse. Ao conhecer bem o processo de credenciamento, ele solicitou informações à Secretaria de Saúde Pública do Estado (SESAP) e ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado (COSEMS-RN). O processo estava parado há cerca de dois anos.

Allyson participou de audiência sobre o tema na Assembleia Legislativa, em abril, e cobrou o credenciamento. Em maio, buscou que o processo fosse incluído na pauta da reunião do Conselho Estadual. Também esteve várias vezes acompanhando procedimentos na própria Sesap, despachando com servidores credenciados e com o secretário Cipriano Vasconcelos, até o credenciamento ser aprovado no âmbito estadual.

Ministério e bancada federal

A partir de então a luta começou na instância federal. Allyson por diversas vezes, foi até Brasília para se reunir com membros do Ministério da Saúde e com a bancada federal potiguar em defesa do credenciamento. Procurou o senador Styvenson Valentim (Podemos)e os deputados federais Benes Leocádio (Republicano), Rafael Motta (PSB) e General Girão (PSL).

“A partir do momento que vimos até o hospital e conhecemos a luta de Dr. Antônio e Dra. Marilaque, nos empenhamos nessa causa. Foram 27 meses que esse hospital com toda a estrutura e qualidade dos serviços que têm poderia estar prestando serviço à população e não estava por conta de toda uma burocracia”, destacou Allyson.

"Foi um compromisso nosso, que assumimos logo no início do mandato. Naquele março de 2019 em que eu estive aqui pela primeira vez, eu me emocionei e disse à ela que o que eu pudesse fazer eu iria fazer", lembrou o parlamentar.

"Buscando o apoio de parlamentares federais, conversando com representantes do Ministério da Saúde, podemos acompanhar o andamento do processo passo a passo. Esse desfecho provoca uma emoção indescritível, pois em tão pouco tempo de mandato percebo que unindo forças, procurando priorizar o interesse público, estamos dando uma contribuição que vai alcançar milhares de pessoas de mais de 60 municípios. Vamos salvar vidas, lembrando que muitas outras - talvez centenas, tenha morrido ou ficado sequeladas por falta desses leitos", resumiu Allyson Bezerra.

CREDENCIAMENTO DOS 10 LEITOS DE UTI

17 de fevereiro de 2017: Diretores do Hospital São Luiz dão entrada ao processo de credenciamento junto ao Município de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Saúde.

18 de setembro de 2017: Depois de várias reuniões canceladas, o processo de credenciamento é aprovado na Prefeitura de Mossoró.

15 de maio de 2019: O processo é aprovado em reunião do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (COSEMS-RN).

19 de agosto de 2019: O credenciamento recebe parecer técnico favorável e é aprovado no Ministério da Saúde.

17 de dezembro de 2019: Ministério da Saúde publica portaria nº 3.405, oficializando o credenciamento de 10 leitos de UTI do Hospital São Luiz.

Ao todo, são 27 meses de atraso.

COMENTÁRIOS